COMO
SURGIU O
COOPERATIVISMO

O cooperativismo é um modelo socioeconômico alternativo que surgiu na Inglaterra, em plena Revolução Industrial, como resposta às necessidades de um grupo de pessoas. Ou seja, um modelo que já surgiu a partir de uma preocupação social.

E não se trata apenas de um modelo economicamente eficiente. O cooperativismo tem ido além e provado sua importância no combate às desigualdades, desempenhando papel fundamental na inclusão social e econômica e no desenvolvimento sustentável do planeta.

Não é à toa que, desde sua origem, em 1844, na Inglaterra, o cooperativismo já se difundiu por todos os continentes.

São mais de 250 milhões de empregos gerados por cooperativas

Congrega mais de 1 bilhão de pessoas, e 1 em cada 7 pessoas no mundo fazem parte de uma cooperativa.

Existem mais de 2,6 milhões de cooperativas no mundo.

Juntos nós somos mais fortes, considerando que as 300 maiores cooperativas do mundo fossem um país, seriamos a 9º maior economia do mundo.

Agora que você já sabe um pouco mais dessa história, confira os nosso princípios, e descubra por que somos um modelo de negócio com foco em pessoas.

Princípios

Adesão Voluntária e Livre – cooperativas são organizações voluntárias, abertas a todas as pessoas aptas a utilizar seus serviços e dispostas a assumir as responsabilidades como membro, sem discriminação de sexo, condição social, raça, política e religião.
Os membros contribuem equitativamente para o capital da sua cooperativa e controlam-no democraticamente. Parte desse capital é, normalmente, propriedade comum da cooperativa. O capital recebe uma compensação limitada e com uma boa administração a cooperativa obtém uma receita maior que as despesas, esses rendimentos serão divididos entre os sócios, podendo ser incorporado ao capital ou depositado em conta corrente. O restante poderá ser destinado para investimentos na própria Cooperativa ou para outras aplicações, sempre de acordo com a decisão tomada na assembléia.
É objetivo da cooperativa promover a educação e a formação dos seus membros, dos representantes eleitos e dos trabalhadores, de forma que estes possam contribuir, eficazmente, para o desenvolvimento da cooperativa.
As cooperativas trabalham para o desenvolvimento sustentável das suas comunidades por meio de políticas aprovadas pelos membros. Esse princípio constitui a base do cooperativismo praticado em todos os países, inclusive o Brasil, onde a Lei 5.764/71, regulamenta seu funcionamento.
 
As cooperativas são organizações democráticas, controladas pelos seus membros, que participam ativamente na formulação das suas políticas e na tomada de decisões. Os homens e as mulheres, eleitos como representantes dos demais membros, são responsáveis perante estes. Nas cooperativas de primeiro grau ou singulares, os membros têm igual direito de voto (um membro, um voto); as cooperativas de outros graus (Centrais, Federações e Confederações) também são organizadas de maneira democrática.
As cooperativas são organizações autônomas de ajuda mútua, controladas pelos seus membros. Qualquer acordo firmado com outras organizações, incluindo instituições públicas deve garantir e manter essa condição.
As cooperativas servem de forma eficaz aos seus membros e dão mais força ao movimento cooperativo, trabalhando em conjunto, através das estruturas locais, regionais, nacionais e internacionais.

SÍMBOLO DO
COOPERATIVISMO

Pinheiro: Símbolo da imortalidade e da fecundidade, pela sua sobrevivência em terras menos férteis e pela facilidade na sua multiplicação. Os pinheiros unidos são mais resistentes e ressaltam a força e a capacidade de expansão.

Círculo: representa a eternidade, pois não tem horizonte final, nem começo, nem fim.

Verde: Lembra as árvores – princípio vital da natureza e a necessidade de se manter o equilíbrio com o meio ambiente.

Amarelo: simboliza o sol, fonte permanente de energia e calor.

Assim nasceu o emblema do cooperativismo: um círculo envolvendo dois pinheiros, indicando união do movimento, a imortalidade de seus princípios, a fecundidade de seus ideais e a vitalidade de seus adeptos.


SOBRE O MOVIMENTO

O Somoscoop, movimento do Cooperativismo do Brasil, acredita em um futuro marcado pela inovação, igualdade e sustentabilidade. Sabemos que para chegar mais perto deste Coofuturo, mais que nunca, a colaboração é a chave.

As respostas para os grandes problemas que vivemos hoje não estão na cabeça de um único gênio ou nas páginas de um livro, mas no potencial infinito da colaboração entre pessoas. 

E sobre trabalhar juntos por objetivos maiores, nós entendemos! Já temos mais de um século e milhões de histórias de vidas transformadas pelo cooperativismo no Brasil. 

Somos mais de 100 países, somos 250 milhões de empregos, somos o ideal de justiça e equilíbrio com melhores oportunidades para todos. Somos a força, o impacto e o efeito do que não um, mas vários brasileiros criam juntos.

Somos a mudança. Somos o futuro. Somos todos juntos. Somoscoop.

Somos o cooperativismo no Brasil.

Linhas de Crédito

 

 

 

Benê

Benê é um amigo para todas as horas!

Um cofrinho que te ajuda a lembrar que para realizar seus sonhos e projetos é preciso poupar. 

Ele e o Dinho são melhores amigos, um sempre ajuda o outro e juntos, ajudam toda a turma!

Super Porco